Por: Juliana Siqueira

Você é daquelas que sai para viajar e morre de saudades do seu cãozinho? Já pensou em levar ele junto com você? Essa é a atitude de um número cada vez maior de donos de animais, que passaram a adaptar seu roteiro para incluir o mascote.

A boa notícia é que vários hotéis no mundo todo também já perceberam essa tendência e passaram a aceitar que os hóspedes tragam seus filhos de quatro patas para curtir a estadia. São os hotéis “pet friendly”, que significa que nesses estabelecimentos os animais de estimação são bem-vindos.

No Brasil, uma nova ferramenta promete ajudar viajantes a encontrar a hospedagem ideal para que seus peludos possam fazer check-in sem problemas. O site Turismo 4 Patas lançou um sistema de classificação de meios de hospedagem pet friendly, chamado de T4P Classificação. É o primeiro do tipo no país e promete também dar uma mãozinha aos hotéis que queiram se qualificar e se ajustar a esse novo tipo de hóspede.

Mais lidas:
Transporte de animais: como viajar com o seu cachorro ou outro pet
“Uma vez fui viajar e não voltei”
Como escolher as joias e bijus de viagem

“Desde que a Turismo 4 Patas surgiu, há cerca de 6 anos, notamos um considerável crescimento no mercado do ‘turismo animal’. Por um lado, donos de pets descobriram essa possibilidade de incluir seu animalzinho no roteiro. Por outro, os estabelecimentos hoteleiros passaram a enxergar esse nicho como mais uma opção de rentabilidade e diferenciação no mercado”, afirma Larissa Rios, fundadora do Turismo 4 Patas.Larissa e a cachorrinha Cléo

Segundo Larissa, o sistema foi criado de forma colaborativa entre as partes interessadas, além de contar com a expertise da empresa C2M Gestão da Hospitalidade, consultoria especializada no ramo de hospedagens.

São três níveis de classificação: Super Premium, Premium e Standard. Cada um possui regras e critérios próprios que atendem principalmente as necessidades dos animais, com foco em segurança, bem-estar e a diversão. “Temos critérios obrigatórios e eletivos que vão desde lixeiras exclusivas para fezes, higienização dos quartos, espaços para recreação dos animais, veterinário de plantão e kit dog hospedagem, até serviços especiais como monitores para os animais”, explica Larissa.

Após uma pré-avaliação, um representante da T4P Classificação realiza uma visita técnica e estipula qual selo o hotel deve receber. “Mas podemos adiantar que o principal critério é a receptividade. Porque, para ser pet friendly, é preciso saber que existe uma grande diferença entre aceitar e receber animais de estimação”, acrescenta. Se aprovado, além da qualificação, o local recebe também um Manual da Hospedagem Pet friendly e uma Cartilha do Hóspede Pet. Os funcionários têm também a possibilidade de receber treinamento sobre relacionamento com o cliente, comportamento e psicologia animal e aprendizado das raças.

Pousada Encanto BocaínaAté o momento, cinco hotéis já receberam o selo de aprovação, e outros se encontram em processo de avaliação. De acordo com Larissa, são mais de mil hotéis pet friendly no Brasil.

Para saber quais hotéis brasileiros aceitam animais, é possível realizar uma busca no site Turismo 4 Patas. Ele oferece filtros como estado, cidade, porte de animais admitidos e indica se o meio de hospedagem já possui a classificação. Além disso, é possível ver também avaliações de outros viajantes.

“O mais importante é saber que o seu companheirinho será bem-vindo. Conhecer e respeitar as regras e normas do estabelecimento garante uma estadia mais tranquila e sem surpresas. Saber quais as opções de atividades pet friendly próximas do hotel ajudará na elaboração do roteiro. E [durante a viagem] aproveitar ao máximo a companhia do mascote”, completa Larissa.

Gostou da ideia? Então confira alguns cuidados que você deve tomar antes de pegar a estrada com seu bichinho de estimação!

- Certifique-se que o animal está em boas condições para viajar, sem sintomas de doença, devidamente vacinado e protegido de pulgas e carrapatos. Para prevenir, leve-o ao veterinário para um exame minucioso.

- Escolha um roteiro que o bichinho possa participar da programação. Evite deixá-lo sozinho no quarto do hotel por períodos muito longos.

- Tenha sempre controle do animal. Ensine alguns comandos de obediência básica para evitar inconvenientes e sempre o mantenha sob supervisão. Se o cão late em excesso, por exemplo, é uma boa ideia ensiná-lo a obedecer o comando de silêncio.

- Procure sempre saber sobre as políticas de hospedagem do hotel. Verifique se existem áreas onde o animal não é permitido, como restaurantes ou piscina.

- Lembre-se que, mesmo que o hotel seja pet friendly, isso não significa que todos os hóspedes sejam amantes de animais. Mantenha-o sempre por perto e só permita aproximações quando a outra pessoa permitir.  

Fotos: A pet Cleo (primeira imagem). Larissa e sua mascote Cléo (segunda foto, à direita). Pousada Encanto da Bocaína, em em São José do Barreiro (SP), que aceita cachorros (última imagem). Divulgação: Turismo 4 patas

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <p> <iframe>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Gmap

  • Insert Google Map macro.