Por: Natasha Sá Osório

Para quem vai fazer pela primeira vez ou é experiente em viagens a trabalho, vale a pena conferir as dicas e regras de etiqueta profissional em trips pelo mundo:

1) Faça o trabalho de casa
Antes de ir, pesquise sobre a melhor maneira de se vestir no destino. Em alguns países você será melhor recebida com roupas discretas e maquiagem básica. Poderá ser necessário levar itens apropriados para fazer turismo nas horas de lazer ou visitas formais (lenço para cobrir o cabelo para monumentos religiosos, sapato baixo para sítios arqueológicos etc). No mundo corporativo, menos é mais: você quer que se concentrem no que você está dizendo, não na sua beleza. Verifique se as mulheres locais usam calças no escritório: se elas não usarem, você também não deverá fazê-lo.


2) Não pise na bola

Outra parte importante do trabalho de casa é aprender sobre os costumes locais e as regras de etiqueta no escritório, na rua e nas refeições, por exemplo. Em alguns paísesnão pise na bola não há qualquer contato corporal ao cumprimentar – nem mesmo o aperto de mãos. Em outros, as mulheres fazem as refeições em mesas separadas dos homens. As diferenças culturais podem impedir aquele negócio que você quer fechar, por isso aceite-as com graciosidade. Aprenda algumas frases simples no idioma local e use-as com seu anfitrião.


Mais lidas:

Turismo Voluntário
Inglês para viagem e turismo
Brasileiras entram no concurso Melhor Emprego do Mundo


3) Mantenha uma aparência cuidada
Vestir-se de forma modesta não significa descuidar do look. Leve roupa para trocar no banheiro do avião antes de desembarcar. Se fizer o voo acompanhada de colegas, prefira usar modelos elegantes, mas que não apertem o seu corpo. Pendure suas roupas assim que chegar ao hotel e use o sistema de lavanderia para passar seus ternos e camisas. Se isso não for possível, um bom truque é pendurá-los no banheiro. O vapor do banho deve ajudar a esticar as peças e disfarçar os vincos.

 

4) Não esqueça os cartões de visita
Leve cartões de visita com dupla face: um lado escrito em português e o outro em inglês ou na língua do seu destino, se for apropriado. O momento e a forma dcartoes de visitae entregar também contam. No Japão e na China, dá-se com as duas mãos como forma de respeito. Mas, em alguns países do Oriente Médio, usar a mão esquerda é visto como algo muito feio, por ser considerado um membro “impuro” (i.e., aquele que eles usam para se limpar no banheiro!).

 

5) Aprenda a oferecer presentes
No Japão, objetos com grandes logos corporativos ou excessivamente caros são vistos com desconfiança. Há vários símbolos da morte e do azar: objetos de cor preta (em quase todos os países asiáticos), oferecer relógios (na China), objetos pontudos, como tesouras ou guarda-chuvas (Alemanha) e flores em número ímpar (em Taiwan) devem ser evitados. Objetos vermelhos são bem-vindos em Cingapura.

 

6) Saiba que paquera é uma rua sem saída
Essa regra corporativa deve ser aplicada lá fora. Por vezes quando viajamos nos sentimos mais desinibidas, mas não arrisque a sua reputação profissional por um xaveco, mesmo que inofensivo. Não receba ninguém no seu quarto do hotel (nem divulgue o número da porta): os encontros devem acontecer apenas no lobby. Se flertarem com você, seja educada mas firme ao negar os avanços.

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <p> <iframe>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Gmap

  • Insert Google Map macro.