Fotos e Texto: Carolina Campos

Fernando de Noronha é um dos destinos mais caros do Brasil e, por ser uma ilha, economizar por lá é difícil - mas não impossível. Basta seguir nossas dicas.

Quando ir, passagens aéreas baratas e pousadas em Fernando de Noronha

O mais importante e certamente o que lhe trará maior economia é visitar na baixa temporada, que vai de março a junho e de setembro a novembro. O clima é bom o ano todo, mas fica mais seco durante o verão.

As passagens aéreas nesses períodos saem muito mais em conta: os preços dos voos entre São Paulo e Noronha, por exemplo, podem cair de R$ 3.500 para R$ 1.200.

Nessas épocas, o valor da hospedagem também baixa consideravelmente. Dê preferência à acomodação que inclua café da manhã e traslado de ida e volta do aeroporto; pagar por isso à parte pode encarecer ainda mais sua viagem. As diárias variam de R$ 150 até R$ 2.000, por casal. Há grande diversidade de pousadas, mas aquelas localizadas na Vila dos Remédios (centro de Noronha) ou na Vila do Trinta, que fica ao lado,Baía do Sueste são mais econômicas.

O que fazer + comidas e bebidas

Na foto-reportagem sobre o que fazer em Fernando de Noronha, explicamos que  o turista é obrigado a pagar uma taxa de proteção ambiental (TPA) de R$ 46 por cada dia de sua permanência na ilha. Para conhecer bem Noronha, sete dias é o tempo ideal, principalmente se você pretende fazer um mergulho com cilindro. Mas cada caso é um caso, por isso elabore um roteiro do que você quer fazer, para verificar de antemão quantos dias de estadia serão necessários. Assim você não terá nenhum dia perdido por falta de organização.

Noronha é um dos melhores lugares para fazer mergulho no Brasil. Se você tiver snorkel, nadadeiras e colete salva-vidas, leve na bagagem, já que o uso destes equipamentos é obrigatório na praia da Atalaia e na Baía do Sueste. Caso contrário, o aluguel custa R$ 15 para o snorkel e R$ 5 para o colete, por dia.

Na Baía do Sueste é possível ver tartarugas, tubarões e centenas de espécies de peixes em um simples mergulho com snorkel, assim como na piscina natural da Atalaia.

Mas não há nada como experimentar o mergulho de cilindro! Para isso, existe apenas três operadoras em Noronha: a Atlantis, a Noronha Divers e a Águas Claras. A primeira é a mais cara e a segunda a mais barata. Todas prestam serviço de ótima qualidade, passando pelos mergulho se cilindromesmos pontos de mergulho. O que muda é a estrutura e os barcos. Se possível, marque o mergulho de manhã; assim você terá mais chance de nadar com golfinhos e aproveitará melhor o seu dia.

Mais lidas:
10 dicas do que fazer em Fernando de Noronha
Viajar Sozinha
Viagem de bicicleta

Há guias oferecendo o passeio até a praia da Atalaia a partir de R$ 50 por pessoa, mas é possível fazer a trilha de forma independente, já que o percurso é curto, fácil e bem sinalizado. Os horários de funcionamento da piscina natural mudam de acordo com o fluxo da maré e é preciso agendar a visita na sede do ICMBio, na Vila do Boldró. O acesso é controlado e a piscina natural pertence ao Parque Nacional Marinho Fernando de Noronha. Leia as regras e respeite-as, afinal a piscina é um berçário marinho muitíssimo delicado. Como já mencionado, não esqueça o snorkel e o colete salva-vidas, pois lá o uso é obrigatório.

À noite, não perca as palestras gratuitas ministradas na sede do Projeto Tamar, iniciativa de proteção às tartarugas marinhas, na Vila do Boldró. Todos os dias às 20 horas hPraia da Atalaiaá ensinamentos ótimos – a do cantor local Ju Medeiros e a que trata do tema dos tubarões fazem rir do início ao fim! Informe-se sobre a programação nos PICs (Postos de Informação e Controle) do Parque Nacional ou mesmo no próprio Tamar. 

Para economizar na alimentação e nas bebidas, vá aos supermercados locais. O Noronhão e o Poty, na Vila dos Trinta, o Breakfast, na Vila dos Remédios e o mercado do Seu Augustinho, na Vila do Boldró, são as opções. Pela lata de cerveja você paga, no mínimo, metade do que cobram nos bares (SKOL: R$2,50). No Poty e no Seu Augustinho há lanches e salgados amigos do bolso.

Deixe os restaurantes com serviço à la carte para noites especiais e prefira aqueles com sistema por quilo, como o Restaurante e Lanchonete Ousadia Noronha e o Flamboyant Restaurante, onde o quilo sai entre R$ 29,88 e R$ 32, ambos localizados na Vila dos Remédios. A comida é gostosa e variada.

Compras e transportes

Para se locomover, alugue uma bicicleta (R$ 30 a diária), ou melhor: pegue carona! Lá é muito comum, seguro e fácil. A BR-363, principal avenida da ilha, é movimentada e as pessoas locais são muito amigáveis, por isso não demora muito até um carro ou um bugue pararem. Basta fazer sinal com ocarona dedão levantado. Além de conhecer os locais e outros turistas, a locomoção sai de graça. Tem coisa melhor que isso?

Mas, se não estiver nesse pique, um mircro-ônibus percorre os sete quilômetros de extensão da via todos os dias, a cada 30 minutos, com passagem a R$ 3,10. Todas essas formas são muito mais econômicas do que alugar um bugue, cuja diária custa a partir de R$ 120 e a gasolina R$ 4 o litro.

Na hora de comprar lembranças, a loja turística do Projeto Tamar tem preços salgados. Opções bem mais em conta são os souvenires da agência de mergulho Atlantis, na Vila dos Remédios.

Não há farmácias na ilha, apenas duas lojas de cosméticos que quebram o galho, mas os preços são inflacionados. Não se esqueça de levar alguns remédios básicos, protetor solar e repelente. Para ajudar, veja esta lista completa da mala de viagem
 
Faltando uma máquina fotográfica à prova d´água, na Vila dos Remédios e à entrada da praia da Atalaia você encontrará a cyber-shot da SONY com caixa estanque para alugar, no valor de R$ 50 a diária. Se você for mergulhar com cilindro e for boa no gatilho fotográfico é melhor alugar esta câmera do que comprar as imagens das agências de mergulho, que cobram R$ 30 cada.

* Os preços são referentes à agosto de 2013 e estão sujeitos a alterações.

Fotos: Mirante do Farol (primeira imagem). Baía do Sueste (segunda foto, à direita). Mergulho de cilindro (terceira imagem, à esquerda). Praia da Atalaia (quarta foto, à direita). Pedindo carona (última imagem).

Comentários

Adorei a dica do seu Agostinho, que junto com dona Maria são uma simpatia!! Viva o Boldró!

Oi Paola!

A maioria das locadoras de bugue ficam na Vila dos Trinta e possuem o mesmo preço para não haver concorrência. O melhor a fazer é conversar com cada um deles e tentar um descontinho.

Na alta temporada o bugue pode custar de R$ 150 a R$ 200 e na baixa R$ 120.

As passagens pro ano novo estão R$ 4.500 !!!!!!!!!!!!!!!!!!! Que absurdo!!!!! com esse preço vou para a Europa que está R$3.000 !!!!!!!!!!!!

Olá Verônica! Sim, infelizmente durante a alta temporada e festividades as tarifas sobem muito! Espere para ir quando ninguém vai - a experiência é mais única e, de quebra, você poupa bastante!

Olá, aonde vocês ficaram hospedados?? alguma pousada barata pra indicar?? abs

Olá Leidiane!
Em Noronha o que não falta são pousadas, mas posso indicar as melhores que conheci.

Mais sofisticadas: Pousada Maravilha, Pousada Zé Maria, Pousada do Vale e Pousada Teju Açu.

Simples e baratas, porém muito acolhedoras: Pousada Alamoa, Pousada Mabuya e Pousada da Tia Zete.

Qualquer dúvida, entre em contato conosco!
Abraços,
Carolina, da equipe Mulher Viajante

Quero ir para lá no mês que vem.

As passagens ficam mais baratas nessa época? Qual é o mês mais barato????

Aguardo resposta, obrigada.
Domingas

Tudo bem?

Não existe exatamente um mês mais barato - no caso de Fernando de Noronha, as passagens são mais baratas quando compradas com antecedência e fora da época de férias e feriados.

O valor varia bastante, mas geralmente o 2º semestre é mais barato por não ser verão, excluindo julho e agosto, quando é verão na Europa e Estados Unidos e recebemos turistas de lá.

Se você for no mês que vem, compre a passagem o quanto antes, pois assim você encontrará uma passagem mais em conta.

Boa viagem!!
Abraços,
Equipe Mulher Viajante

eu irei em fev/2014

vou postar tudo nesse site

grs, sp - 26/01/14

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <p> <iframe>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Gmap

  • Insert Google Map macro.