Por: Mônica Mantecón


Quando viajamos de avião, nem imaginamos o que se passa pelos bastidores de uma aeronave, mas sempre morremos de curiosidade para descobrir os segredinhos da tripulação ou até mesmo histórias estranhas que acontecem.

Conversamos com a Maria*, uma ex-comissária de bordo, que revelou coisas que nós nem imaginamos e até situações bizarras que acontecem nos aviões.

Comandante e copiloto

- O comandante é a autoridade máxima no avião: “O comandante tem o cargo semelhante de um presidente na aeronave, o que ele fala é lei”. Mas nem sempre o comandante é mais experiente do que o copiloto. O comandante é sempre o que tem mais horas de voo na aeronave em que a viagem está sendo feita.

- Por medida de segurança, o copiloto não pode comer a mesma comida que o comandante. Caso um passe mal, o outro estará pronto para assumir o controle do avião. “Os comissários falam o cardápio, por exemplo, carne (vermelha) ou frango. Se o comandante escolhe carne (vermelha) o copiloto obrigatoriamente comerá frango”, explica a ex-comissária.comissário de bordo

- Geralmente, o comandante e copiloto dividem as funções de um voo, principalmente nos de longa duração. Um faz a decolagem e o outro o pouso, ou vice-versa. Porém em alguns aeroportos no Brasil apenas o comandante pode fazer o pouso. “É uma medida de segurança estabelecida pelo aeroporto. (...) Me recordo que no aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, e no aeroporto de Ilhéus, na Bahia, só o comandante era autorizado a fazer o pouso. Só se acontecesse algo com o comandante é que o copiloto assumia”.

O comissário de bordo

- Todo aquele sorrisinho logo na entrada do avião é... falso. “Todo comissário de bordo é estressado, isto é um fato. Porém precisa estar sorrindo sempre aos passageiros, é o termômetro  do avião”, conta Maria. A maior parte do tempo eles estão cansados e sonhando com uma cama.

- Uma das principais funções dos comissários é transmitir calma e confiança aos passageiros, mesmo quando eles próprios estão aterrorizados. Por isso, quando os passageiros entram em pânico e você ouve uma aeromoça falando “isso é normal”, é provável que ela também não saiba o que está acontecendo.

- Muitos passageiros paqueram as comissárias, mas alguns exageram. “Não é a maioria, mas tem bastante tarado, já pegaram na minha bunda várias vezes”, lembra ela. Mas o ato tem consequências. Quando uma aeromoça é tocada de forma imprópria (passar a mão no bumbum, na perna, entre outros), os comandantes pousam no aeroporto mais próximo e tiram o passageiro que aprontou. “Os comandantes ficam muito bravos quando tem uma situação dessas. Tanto os safadinhos quanto os alcoolizados são os maiores problemas no avião. Já passei por três pousos de emergência por estes motivos. Só atrasa a viagem do resto dos passageiros, (é) muito desagradável”.

- ... mas o alvo da paquera das comissárias são os comandantes! “Eles geralmente são bacanas, inteligentes e bonitos, por isso as comissárias solteiras amam os cocomandante e copilotomandantes”.

Coisas que nem imaginamos que as comissárias treinam

- Os comissários de voo têm aulas de etiqueta. Até o modo correto de tirar o blazer e de como carregar a mala é padronizado. “Mala de carrinho sempre puxada com a mão direita e a bolsa do lado esquerdo. Até a maquiagem precisa ser a mesma cor”.

- Se o chefe de cabine, chefe dos demais comissários, tira o blazer, todos os comissários precisam tirar. Se ele colocar o blazer, todos colocam, não importa a temperatura.

- Treinos de sobrevivência na selva e no mar, primeiros socorros e exercício de resgate são alguns dos aprendizados para ser comissária de bordo. Fora que eles sempre estão fazendo novos cursos para se aprimorar. Para se tornar aeromoça, é preciso fazer um curso para aprender as técnicas da profissão e prestar o exame da ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil). Só passando por este curso é que a pessoa está apta a seguir a profissão. “Além do exame da ANAC, cada companhia aérea tem seu curso específico”, explica Maria. Precisa ter o ensino médio completo e a altura de 1,58m, no caso das mulheres, e os homens 1,65m.

Sobre a comida

- A comida no avião tem a função de entretenimento e não de alimentar. “A comida é um passatempo, faz a viagem ser mais rápida para o passageiro.”

- Quando há turbulência, para os comissários isso representa bem mais do que uma situação incômoda. “Várias vezes a comida amassa ou os pratos se desmontam, é um trabalhão deixar tudo impecável para os passageiros”.

Sobre os passageiros

- Não são só os passageiros que ficam preocupados quando o voo está cheio de bebês. Criança chorando no voo é difícil, mas as bebê no aviãomal comportadas são o pesadelo dos comissários. Principalmente em viagens de longa duração. “Uma vez, tinha um menino que ficava me seguindo e mexendo em tudo que não podia e a mãe não falava nada. Aí, (eu) estava triturando o lixo quando ele me perguntou ‘Tia, para que serve isto?’ Como estava irritada com o menino, falei que era um triturador para esmagar passageiros desobedientes que não ficavam sentados em suas poltronas e com cinto de segurança. O menino foi correndo para a mãe e não se mexeu até o final do voo.”

- ...mas casais que não se comportam no avião pode ser ainda pior. “Certa vez, (uma) mulher estava com a cabeça embaixo do cobertor e deitada no colo do marido. Sim, estava fazendo coisas feias no meio das poltronas mesmo! O pior é que eu tive que ir com toda delicadeza do mundo mandar eles pararem. Foi vergonhoso para eles e principalmente para mim.” A ex-comissária acrescenta: “O banheiro sempre é palco de muitas cenas bizarras e até impróprias. Peguei muitos casais entrando juntos no banheiro do avião. Teve uma vez que tive que bater na porta, pois o barulho estava alto demais! Foi terrível!”

- “A situação mais engraçada que presenciei foi uma vez a mulher que ficou presa no vaso sanitário a vácuo. Para tirá-la de lá, foi preciso pousar o avião e colocar o ar no tubo que era depositado os resíduos das pessoas. Conclusão: Na hora que colocou o ar a mulher ficou toda suja! Coitada.”


* Para proteger a identidade de nossa entrevistada, atribuímos um nome fictício.

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <p> <iframe>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Gmap

  • Insert Google Map macro.