Por: Lily de Lucca

Se você é mãe de primeira viagem ou viajante estreando seu novo papel, saiba que existem certos parâmetros no seu plano de viagem que devem ser pensados, como o destino e as atrações turísticas a visitar. A saúde, segurança e entretenimento dos filhotes passam a ter prioridade. Guarde algumas dicas de como escolher as melhores atividades durante as férias e evitar situações desagradáveis e perigosas.
  

Destino e segurança  

A primeira coisa a levar em consideração é a segurança das crianças. Elas são agitadas, curiosas e ingênuas, portanto, não são aconselháveis destinos com altos índices de violência ou que requerem muito cuidado ao andar nas ruas, a menos que você conheça muito bem o local. Por exemplo Marrocos, Turquia ou Índia, lugares muito populosos, cidades labirínticas e com ruas tumultuadas exigem atenção triplicada. A menos que você consiga mantemãe levando a filha na bicicletar a calma e a obediência do seu pequeno, estes tipos de destinos podem deixá-la tensa, a ponto de não aproveitar as belezas desses países.


Mais lidas:
Viagem de menores ao exterior
Serviço de babá a bordo nos voos da Etihad Airways
Novos estudos sobre viajar de avião na gravidez

Será preciso abrir mão de alguns estilos de viagem quando levar os filhos, como comenta a psicóloga especialista em educação e comportamento infantil Telma Vinha. "Ter filho significa também ter que abrir mão de atividades de interesse e projetos pessoais em nome da educação das crianças e convívio familiar. É possível fazer viagens mais “adultas” sem elas, mas quando estiverem envolvidas, a viagem necessita ser planejada atendendo ao que gostam e necessitam".  

Os pequenos com menos de dez anos se entediam facilmente, pois essa faixa de idade exige estímulos lúdicos. Isso não significa que eles só vão querer frequentar parques de diversão, mas que a maneira de conduzir outros gêneros de passeios deve ser diferenciada para eles. Afinal, até Las Vegas tem um lado “kids”: basta fazer o trabalho de casa e descobrir o que há no destino para as crianças. O que nos leva ao segundo tema...  

Entretenimento



"A exposição à cultura, como museus, deve ser gradual e por pouco tempo, a não ser que as instalações permitam interagir ou tenham algo diretamente ligado a elas [crianças]", explica Telma. Se o roteiro incluir visitas a museus, dê preferências aos que têm obras interativas, com recursos de áudio e som ou aqueles que oferecem guias infantis, cafamília fazendo trekkingpacitados para apresentar o local para crianças.  

Não é preciso subestimar a capacidade das crianças. Elas podem se divertir muito com cultura também! Desde que adaptadas às suas capacidades intelectuais, específicas de cada etapa da vida. A diversão, a brincadeira e a emoção estão em todo lugar, desde um grande parque temático com montanhas-russas e rodas gigantes, até em uma cidade antiga repleta de histórias fantásticas e de heróis lendários.  

A psicóloga também recomenda que os pais façam uma pesquisa prévia de monumentos, igrejas, cidades históricas e apresentem de forma descontraída a história do que visitarão por meio de contos ou brincadeiras, como adivinhas ou sentar para desenhar um monumento. "Contar a história do que verão, fatos pitorescos e conversar durante a visita auxilia muito o interesse", explica. Além da mamãe ficar mais culta, o filhote terá mais interesse em conhecer o palco de acontecimentos históricos importantes.  

Quanto a viagens longas, tenha sempre truques debaixo da manga: livros de colorir, brinquedos apropriados para a idade e até jogos com canções e associação de palavras podem entreter toda a família durante o caminho. Algumas companhias aéreas oferecem bonecos, livrinhos e revistas infantis; basta pedir. 



Saúde 


A questão da saúde também é primordial para que as férias não sejam desperdiçadas com os filhos doentes ou indispostos. Sempre cheque a carteira de vacinação e se os pimpolhos estão com as doses obrigatórias dos destinos em dia. Por exemplo, diversos países tropicais exigem vacina de febre amarela. Converse com o pediatra e faça uma crianças bem dispostas brincando no marbolsinha com todos os remédios que podem ser úteis durante a viagem, tais como medicamentos para vômitos, diarreia, febre, alergia ou algum outro problema crônico que seu pequeno possa ter, como asma, bronquite ou sinusite. Lembre-se que para viagens internacionais é recomendável levar os medicamentos na mala de mão juntamente com as receitas médicas.  

No local de destino, procure manter os mesmos horários de sono e das refeições que em casa, pois esses tipos de mudanças podem afetar negativamente o humor das crianças. Leve snacks saudáveis para os passeios, como frutas bem lavadas, bolachas de baixo teor calórico e sucos de frutas ou leite, para evitar birras quando as refeições atrasam.

As alterações nos hábitos alimentares afetam muito mais o organismo das crianças, por isso é preciso prestar atenção ao que elas comem. Em destinos tipicamente infantis, como a Disneylândia, a oferta de "porcarias" costuma ser imensa, tais como salgadinhos, hot dog, hambúrguer, refrigerante e sorvete. Todas nós fugimos um pouco da linha durante passeios, mas é papel dos pais colocar alguns limites. O abuso das besteirinhas pode levar a um desequilíbrio no organismo, provocando ansiedade ou letargia, vômitos, diarreias ou baixando a imunidade, deixando-os suscetíveis a outros problemas. Nenhuma mãe quer ver sua mais preciosa bagagem passando mal, não é? 



Com essas dicas, fica mais fácil planejar um roteiro adequado para toda família. Mas não se esqueça: aproveitar a infância dos filhos é sempre a prioridade, então use a viagem para estreitar os laços entre as pessoas queridas e qualquer destino será inesquecível.

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <p> <iframe>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Gmap

  • Insert Google Map macro.