Por: Natasha Sá Osório

Antes de viajar:
- Não leve muita bagagem, já que é muito provável que você perca a cabeça com os preços vantajosos em Orlando e tenha que comprar uma mala extra para trazer as compras.

- Visite o site oficial de Orlando onde regularmente oferecem promoções. Também pode imprimir aí o Magicard, um cartão que tem vários descontos em lojas, restaurantes e eventos.
 
 
Dicas dentro dos parques:
- Pegue os mapas gratuitos à entrada e veja a programação de shows do dia, para se organizar sem perder os espetáculos e as paradas, principalmente os de encerramento que são os melhores. Chegue cedo para pegar um bom lugar, ainda mais se for com crianças.

- Não leve muito peso, porque a caminhada é longa. Dinheiro, cartão de crédito, passaporte, chapéu, protetor solar e labial são o suficiente. Se for a um parque aquático, leve uma troca de roupa, chinelos e toalha. Calce tênis confortáveis.

- Marque pontos de encontro para o caso de se perder das pessoas com quem estiver.

- Respeite os horários de alimentação e descanso, sobretudo se viaja com crianças. Para não se cansar muito, vá às atrações de maior adrenalina pela manhã, nos parques da Disney e da Universal, por exemplo, e relaxe nas atrações do SeaWorld e do Legoland à tarde. Se pretender assistir aos shows de encerramento, é possível voltar aos maiores parques no mesmo dia.


Como escapar das longas filas:Como evitar filas
- Na Disney World, use o Fastpass, um cartão gratuito adquirido em máquinas ao lado das maiores atrações com o horário em que se pode entrar nas filas exclusivas do sistema. Alternativamente, uma opção mais seleta é fazer um tour vip, onde os guias buscam os turistas no hotel, o grupo passa à frente das filas e recebe drink de boas vindas. O almoço está incluso. Custa entre US$ 275 e US$ 315, sem ingressos, e acomoda até 10 pessoas. As reservas são feitas através do número: (1-407) 560-4033.
 
- Na Universal, compre o Express Plus Pass (custa a partir de US$ 19,99 dólares), que dá acesso mais rápido aos brinquedos. Por a partir de US$ 195 por pessoa, há um tour guiado de cinco horas onde o grupo não precisa entrar nas filas. Grupos de até 12 pessoas podem fazer um tour de dois dias pelos parques temáticos que chega a custar até US$ 3,750 (aproximadamente US$ 313 por pessoa em grupo fechado). O valor não inclui ingressos. A reserva é feita por e-mail: viptours@universalorlando.com.
 
- Nos parques do SeaWorld, compre o passe Quick Queue (custa a partir de US$ 14,99) para entrar nas filas rápidas. Pelo site, também é possível entrar num tour vip, desde US$ 99 por pessoa, sem o ingresso, que permite ao grupo ter um guia exclusivo e passar na frente das filas.
 
- Se os pais querem ir a um brinquedo no qual as crianças não podem (ou não querem) entrar, o melhor é irem juntos para a fila e fazer um “rider switch”, isto é: avisando os funcionários, um dos adultos fica com o filho enquanto o outro entra na brincadeira. O outro curte depois, na volta do primeiro, sem ter que pegar a fila de novo.
 
- Para ganhar tempo, entre nas “single riders”, filas especiais em algumas brincadeiras mais populares para quem não se importa de ir sozinho. O seu acompanhante pode entrar na fila também, mas não se sentarão juntos.
 
- Faça o contrário da maioria: se as pessoas forem no sentido horário, comece pelo inverso. Se correrem para as maiores atrações pela manhã, deixe-as para o horário do almoço ou meio da tarde.

 

Guia de Orlando: compras, restaurantes, hotéis e mais.