Grécia

Por: Cristina Villas-Boas

A crise financeira e as notícias dos protestos na capital de Atenas não são motivos para deixar de visitar a Grécia. As compras estão melhores que nunca, os pontos históricos continuam em pé e é nas cerca de 1400 ilhas que estão alguns dos lugares mais paradisíacos das terras helénicas, espalhadas pelo mar Egeu.

A vida é diferente nas ilhas gregas, onde o tempo parece correr a um ritmo próprio: o azul vivo do mar, que atrai qualquer olhar, contrasta com o branco das construções simples das aldeias e vilas pitorescas. A estadia numa das originais casas caverna, aquelas casas esculpidas nas rochas, em Oía, Santorini, pode se transformar em momentos de sonho. E os dias sossegados e noites agitadas em Míconos, em pleno arquipélago das Cíclades, deixam você pedindo mais.

A ilha de Rodes, capital das ilhas Dodecaneso, é uma das mais procuradas pelos muitos vestígiosIlha de Rodes deixados pela Grécia Antiga e medieval. No extremo oposto do país, nas ilhas Jônicas, perto da Albânia, Corfu tem paisagens inigualáveis, misturando o mar e a arquitetura grega com as montanhas albanesas no horizonte.

E como esquecer a história num passeio a este país milenar? As ruínas da antiga civilização grega estão um pouco por toda a parte – até submersas, espalhadas pelos mares para apreço das mergulhadoras mais arrojadas. O sítio arqueológico submarino mais celebrado e mais antigo fica em Pavlopetri, no Peloponeso. Mas, mesmo na superfície, a cultura de Aristóteles, Platão e tantos outros continua viva na arquitetura, nos museus e no comércio de artesanato. É mantida assim para deleite dos milhares de turistas que passam por lá e pelas pessoas locais, que irradiam orgulho pelas obras dos seus antepassados. A Acrópole de Atenas, um dos mais importantes sítios arqueológicos do mundo, é o ponto alto desse passado que continua presente.

Mas quem acha que Grécia se resume às praias e uma visita à Acrópole está redondamente enganado. Se gosta de montanhismo, trilhas e outras atividades ligadas à natureza, fique sabendo que 80% do território grego é constituído por montanhas, com destaque para o Monte Olimpo, situado a 100 quilômetros da pitoresca Salônica, a segunda maior cidade. Em Creta, a maior ilha do país, enormes montanhas se encontram diretamente com o mar através de desfiladeiros e grutas de uma beleza natural inesperada. Como grande parte do território ainda é relativamente inexplorado, a Grécia se afigura como um destino de natureza, senão único, bastante raro na Europa.

Nlago Ioanninao continente, vale uma visita ao norte, ao lago Ioannina, de onde se avistam montanhas com neve; ao sul, a localidade de Katakolon, onde ainda se encontra o cenário dos primeiros Jogos Olímpicos.

É possível pegar um ônibus ou um trem para chegar até estes destinos, transportes menos frequentes em algumas ilhas – em Santorini, por exemplo, em algumas estradas só se pode ir a pé... ou de burro. Nos destinos mais turísticos, o ônibus é geralmente uma possibilidade de locomoção, mas bastante mais demorada do que viajar de carro ou táxi.

Se tiver condições, um cruzeiro é a maneira mais prática para conhecer várias ilhas rapidamente. Outra opção, mais barata e aventureira, é pegar uma balsa no Pireu, a apenas 10 quilômetros de Atenas, que a leva aos mais diversos destinos nas ilhas. A principal rede de balsas na Grécia liga quase 60 ilhas entre si.

Se pretende alugar um carro, atenção: as estradas gregas são pouco seguras, sobretudo por causa dos motoristas locais, que infringem as regras de trânsito. Ainda assim, essa é uma das melhores maneiras de conhecer bem a Grécia, mas faça questão de ter um GPS. Afinal, se trata de um país ainda bastante rural.
Casas gregas em Santorini
Isso se traduz na mentalidade de um povo que vive de tradições. E, por falar em tradições, não deixe escapar a oportunidade de provar a gastronomia grega. A comida é tipicamente mediterrânea. O azeite e o mel fazem as delícias dos apreciadores. Comece a sua refeição bebendo um copo de ‘ouzo’, uma bebida alcoólica à base de anis. As ‘mousakas’ (uma espécie de lasanha), o polvo grelhado e o cordeiro cozido são alguns dos pratos mais famosos. O peixe na brasa e o marisco são também fora de série. Podem ser acompanhados com vinho branco local. O vinho Santo, feito em Santorini, é a sugestão para beber durante a sobremesa. Mas nada se compara aos produtos derivados do leite de cabra – o queijo feta, os iogurtes e os sorvetes.

Como chegar:
Não há voos diretos do Brasil para a Grécia, mas a Air France, a British Airways e a TAP operam voos de uma ou duas escalas desde São Paulo, Belo Horizonte, Brasília ou Rio de Janeiro. Os voos de Atenas para as ilhas são operados pela Aegean Airlines.

Fotos: Santorini (primeira imagem). Ilha de Rodes (segunda foto, à direita). Lago Loannina (terceira imagem, à esquerda). Casas gregas em Santorini (última foto, à direita).  Shutterstock.

População: 10.7 milhões

Capital: Atenas

Moeda: euro €

Idioma: grego

Fuso horário: +4h em relação a Brasília durante o verão do Hemisfério Sul, e +6h durante o inverno

Clima: mediterrâneo. O inverno é ameno e o verão é quente e seco. Venta muito, principalmente nas ilhas

Visto para turismo: não é necessário no caso de permanência até 90 dias, mas vigora o Tratado Schengen

Vacina: não é necessária

Emergência: ambulância 166 e polícia 100. Consulado do Brasil em Atenas: 14, Platia Philikis Eterias 106 73, Kolonaki. Número de plantão: +30-210-721-3039

Feriados: Ano Novo (1 de janeiro); Epifania (6 de janeiro), feriado religioso; Dia da Independência (25 de março); feriados Pascoais ortodoxos (as datas são irregulares); Dia do Trabalhador (1 de maio); Assunção de Nossa Senhora (15 de agosto) Festa de Ochi ou Dia Nacional (28 de outubro); Natal (25 de dezembro); Dia de São Estêvão (26 de dezembro)

Frases úteis em grego escritas foneticamente: oi (iass), obrigada (ef haristô), bom dia (kalimera), boa tarde (kalispéra), boa noite (kali nihta), como você está? (ti káanis), com licença (signômi), não (ochi), sim (neh), ajuda (voí siá)

Comentar

Plain text

  • Nenhuma tag HTML permitida.
  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Filtered HTML

  • Endereços de páginas de internet e emails viram links automaticamente.
  • Tags HTML permitidas: <a> <em> <strong> <cite> <blockquote> <code> <ul> <ol> <li> <dl> <dt> <dd> <p> <iframe>
  • Quebras de linhas e parágrafos são feitos automaticamente.

Gmap

  • Insert Google Map macro.